STECK complementa linha Stella® com o lançamento de sensores de presença

Dispositivos aumentam a segurança das pessoas e diminuem os gastos com energia elétrica

 

Uma imagem contendo aparelho, foto, quarto, portaDescrição gerada automaticamente Uma imagem contendo objeto, luzDescrição gerada automaticamente Uma imagem contendo objeto, foto, mesa, mulherDescrição gerada automaticamente

 

Da esquerda para direita: sensores de presença de sobrepor, embutir e soquete lançados pela STECK Indústria Elétrica na linha Stella®

 

Líder no fornecimento de materiais elétricos, a STECK tem novidades na linha residencial. Além de tomadas e interruptores modulares, a linha passa a contar com Sensores de Presença Infravermelhos, desenvolvidos para aumentar a segurança das pessoas e otimizar o consumo de energia elétrica.

 

Os novos dispositivos estão disponíveis nas versões de sobrepor, embutir e de soquete, abrangendo uma grande variedade de cenários de instalação que vão desde a complementação da iluminação

 

Fáceis de instalar, os aparelhos identificam dia e noite automaticamente e podem ser configurados para usos específicos: acionar a iluminação automaticamente quando o índice de luminosidade de um ambiente estiver abaixo do ideal, por exemplo.

 

O segredo dos sensores está no detector de raios infravermelhos. Todo corpo sólido emite esse tipo de radiação que não são visíveis ao olho humano. Ao captá-la, os dispositivos podem detectar a presença ou o movimento de um corpo sem que ele esteja necessariamente visível.

 

Essa característica natural dos corpos é o que motivou, por exemplo, a criação de equipamentos como binóculos e lunetas com visão noturna. Guardadas as devidas adaptações para cada dispositivo, o conceito físico por trás deles é bastante similar.

 

A radiação infravermelha é interpretada pelos sensores como um sinal elétrico, gerando uma imagem no caso dos binóculos e uma reação de comando pelos sensores, que pode ser o ligar/desligar de uma lâmpada ou o acionar de um sistema de alarme.

 

A sensibilidade na identificação faz dos sensores uma ferramenta muito útil para aumentar a segurança dos imóveis, pois fará soar o alarme se houver qualquer movimentação suspeita em áreas monitoradas pelo campo de detecção (180° ou 360°).

 

Outra vantagem a é utilização integrada aos circuitos de iluminação, automatizando o até então acionamento mecânico dos interruptores – evitando assim o contato de múltiplas pessoas sobre a mesma superfície.

 

Por desligar as lâmpadas uma vez que as pessoas estejam fora da área monitorada, os sensores racionalizam o consumo, economizando em até 75% do consumo de energia quando comparado ao uso convencional.

Últimas Notícias