STECK explica os benefícios das tomadas USB

Módulo carrega celulares e outros aparelhos mais rapidamente do que quando conectados em um computador

 

Tomada com o padrão brasileiro de 3 pinos e a tomada com módulo USB, ambas da linha Sophie® da Steck

 

Os celulares estão ligados ao cotidiano das pessoas a tal ponto de, no Brasil, existirem mais linhas em operação do que habitantes no país. Segundo a Anatel, o país registrou 234,75 milhões de linhas móveis em julho deste ano, sendo que, também tomando julho como referência, o IBGE computa quase 208,5 milhões de habitantes.

 

Apesar dos consideráveis avanços em autonomia, em algum momento será preciso carregar a bateria. O trabalho concentra uma parcela importante do uso do aparelho, pois hoje muitas das tarefas são executadas pelo ou ao menos com o apoio do celular. Em escritórios mais antigos, nem sempre haverá uma tomada disponível próxima da estação de trabalho, o que leva os usuários a deixarem o celular em um local distante ou carrega-lo pelo computador.

Módulo USB da linha Sophie®, da Steck

 

É possível criar conexões exclusivas e discretas para celulares e outros aparelhos com as tomadas USB, que precisam apenas do cabo e podem facilmente substituir as tomadas com o encaixe padrão de três pinos.

 

“As portas USB de PCs e notebooks em geral trabalham com tensão de 5V e corrente nominal de 0,5A. O módulo USB é bivolt e trabalha com uma corrente nominal de 1A, o que proporciona um carregamento 50% mais rápido do que pelos computadores”, explica Lucas Machado, engenheiro eletricista da STECK. 

Últimas Notícias